Tag Archives: juliana

My Same

9 mar

Sabe quando bate aquela saudadinha boba que você sabe que é besteira, mas ainda assim aquilo fica com você o dia inteiro? Talvez até um pouco mais?

Acho que todo mundo sente saudade o tempo todo e ela é desencarrilhada por coisas tão simples: uma música, uma cena de filme, um livro, algo que alguém disse ou algo que você pensou. Nós sentimento saudades das mais mínimas coisas como de um personagem fictício que você se apegou ou das maiores coisas… como sua amiga que está meio longe.

 

(como diz o video: Adele fez a música pra melhor amiga dela, pra falar um pouco de o quão diferente e o quão parecidas elas são…)

 

Pasta Box

13 out

No refeitório da Alliance Française daqui, nem sempre a comida é reconhecível. Barreira linguística, muito mais do que problema de qualidade, eu garanto. Mas foi num dia desses de indecisão que o Caio descobriu o PastaBox (enquanto eu acabei com um prato de lulas que continuaram lá no final).

Daí que agora, nesse pique de mudança, correria e gulodices, me lembrei do bichinho e fui procurar. Alomoço rápido e gostosinho.

 

20111013-132422.jpg

Continue lendo

Brasileiros em Paris

12 out

Tem tanta coisa para falar – e tantas fotos para compartilhar – que nem sei por onde começar!

Resolvi começar por uma coisa que está saltando aos olhos: a quantidade de brasileiros em Paris. E não sou falando só em lugares tipicamente turísticos, nem em um encontro ocasional. Toda hora, todo dia… Só que, às vezes, esse encontro é um pouco constrangedor.

Ontem, por exemplo, estava em uma loja bem pequena de anéis e uma senhora brasileira começou a falar com a outra sobre um anel de sapinho, a plenos pulmões. Se a cena fosse no Rio, já seria estranha, mas a mulher falava tão alto em um lugar tão pequeno… A dona da loja chegou a ficar parada do lado dela para ver se ela se tocava. Aí depois vai chegar no Brasil e reclamar que a dona da loja foi mal-educada. Gente, questão de bom-senso, né?

Nessas horas, é criar coragem, fazer cara de paisagem e, se perguntarem, dizer que é de Portugal.

75 meses e contando.

4 out

Há aproximadamente 75 meses atras, em meados de julho de 2005, duas meninas se cumprimentaram no lançamento de Harry Potter and the Half-Blood Prince (sim, em inglês, pois esperar tradução é para os fracos), uma semana depois estariam tendo conversas e discussões internéticas de mais de 4 horas ininterruptas.

Depois de mais de 5 anos de amizade, brigas, namorados, distancia, risadas e muitos temperamentos fortes se matando, uma dessas meninas vai se mudar pra Paris para fazer seu mestrado em História enquanto a outra vai ficar em terras brasileiras e cariocas para terminar sua graduação em Psicologia.

Esse blog surgiu como uma tentativa de diminuir a distancia e os problemas de fuso horário, para bater papo e para falar de coisas importante, para desabafar e para gritar aos ventos as coisas boas, esperamos que vocês aproveitem os próximos 10 meses de ataques histéricos sobre lavadoras de roupas francesas e atrasos de ônibus cariocas, porque covenhamos: todo mundo já sabe que isso vai acontecer.