Brasileiros em Paris

12 out

Tem tanta coisa para falar – e tantas fotos para compartilhar – que nem sei por onde começar!

Resolvi começar por uma coisa que está saltando aos olhos: a quantidade de brasileiros em Paris. E não sou falando só em lugares tipicamente turísticos, nem em um encontro ocasional. Toda hora, todo dia… Só que, às vezes, esse encontro é um pouco constrangedor.

Ontem, por exemplo, estava em uma loja bem pequena de anéis e uma senhora brasileira começou a falar com a outra sobre um anel de sapinho, a plenos pulmões. Se a cena fosse no Rio, já seria estranha, mas a mulher falava tão alto em um lugar tão pequeno… A dona da loja chegou a ficar parada do lado dela para ver se ela se tocava. Aí depois vai chegar no Brasil e reclamar que a dona da loja foi mal-educada. Gente, questão de bom-senso, né?

Nessas horas, é criar coragem, fazer cara de paisagem e, se perguntarem, dizer que é de Portugal.

Anúncios

5 Respostas to “Brasileiros em Paris”

  1. Julinha Fonseca 12 outubro 2011 às 00:43 #

    Hahahaha adorei

  2. Paula Vianna 12 outubro 2011 às 01:33 #

    enrola um espanhol / portunhol e fala que é das américas. XD

  3. alinecarneiro 14 outubro 2011 às 15:50 #

    Tem uma coisa que eu acho chata: já vi turista americano fazendo grosseria aqui no Brasil e nunca, nunca mesmo vi americano dizendo que se envergonhava da falta de educação de outro americano nas terras estrangeiras. Eles vem para cá e acham que todo mundo tem a obrigação de saber inglês, e muita gente aqui acha a mesma coisa, mesmo quem não trabalha com turismo ou em pontos turísticos. Americanos e Europeus não se sentem obrigados a aprender nenhuma língua estrangeira e nem se constrangem por tratar mal estrangeiros no país deles: a minha prima foi assaltada numa estação de metrô aí em Paris e ouviu do policial “também, você foi andar de metrô”… como assim? Olha, a gente tem que aprender a não pensar que temos culpa pela falta de educação alheia. Os brasileiros são mais bem vistos pelos estrangeiros que pelos proprios brasileiros, e isso é lamentável, é o complexo de vira-latas em último grau. Seja você, Julie, uma brasileira educada e memorável, e ignore as pessoas grossas e toscas, porque você não tem NADA a ver com elas.

    • Juliana 14 outubro 2011 às 22:37 #

      Aline, eu entendo que haja gente mal-educada em tudo quanto é canto do mundo. Das *minhas* experiências em viagens, no entanto, eu tiro que os americanos tendem *sim* a ser espaçosos, mesmo na terra deles (tive uma experiência em Orlando digna de ir para livro).
      Por outro lado, me chateia gente – brasileiro ou não – que viaja e acha que, na terra dos outros, pode fazer qualquer coisa e se safar. Cada povo tem suas “regras”, e muitas são simplesmente de bom-senso, né? Ou você acharia educado, em qualquer lugar do mundo, alguém berrando dentro de uma loja? De novo, poderia ser qualquer um, mas curiosamente nesses dias aqui, sempre que presenciei uma cena dessas, foi ouvindo brasileiro. Claro que tem muito brasileiro educado, assim como tem francês, inglês e americano mal-educado. O que eu quis dizer é que não vale pintar o sete em terras estrangeiras e depois reclamar, né?
      Muito obrigada pela sua visita, desculpe a resposta-testamento e volte sempre! 🙂

  4. Teresa 15 outubro 2011 às 23:10 #

    Quando um amigo soube que iria à Paris disse: “o povo é muito mal-educado. Não via a hora de voltar!”
    Pois bem: um jovem, totalmente desconhecido, interrompe seu trajeto para carregar minha super-mala; pessoas nos cumprimentam a todo momento; atendentes de loja (nem sempre aquelas “para turista”) nos atendem super-bem; um atendente “fofo” do Starbucks faz comentários ainda mais fofos e consoladores ao assistir uma cena de despedida; atendente do metro brinca(no melhor sentido) ao dar uma informação… (só para citar alguns exemplos).
    Todas as vezes que algum francês esbarrou em mim, pediu desculpas.
    Quem me atropelou com o carrinho de bagagem no aeroporto (sendo que eu estava parada!) e ainda fez cara feia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: